segunda-feira, outubro 03, 2011

Enigma da minha vida.

De uma hora pra outra, sei lá, a vida resolveu me dá um banho de água fria. Me castigar e me pressionar até eu apelar, até eu não mais aguentar. Tudo que eu acredito de uma hora pra outra se tornou tão confuso, tão contraditório e por isso tão perturbador. E o pior é ter que guardar tudo que eu sinto pra mim, por não ter alguém com quem compartilhar e por simplesmente não saber como e o que posso compartilhar. A minha mente se tornou palco de perguntas que nunca serão respondidas ou que talvez não eu não esteja preparada o suficiente para ouvir as respostas. No mesmo instante que culpo uma pessoa, quero protegê-la e acho que a culpada de tudo sou eu. Minha mente está se autodestruindo e não há nada que eu possa fazer. Pela primeira vez na minha vida eu sinto medo, medo de observar de perto a minha própria vida e ao mesmo tempo medo de vivê-la. O próprio dia-a-dia tornou-se pra mim um enigma, enigma esse que eu não quero desvendar e nem queria tá vivendo. Eu de repente me tornei platéia da minha própria vida, enquanto deveria ser a protagonista, isso me tira a coragem, tenho medo do desfecho dessa história, tenho medo de que tudo isso que eu sempre gostei, passe a ser visto por mim como fonte de dor e sofrimento.

Um comentário:

Biiah Vieira disse...

que texto magnifico Ray, arrazou como sempre, não se deixe desanimar, pois a vitoria está depois de toda batalha, continue firme e forte, na fé, pois só assim poderá acontecer um final maravilhoso, bjs


www.umteko.blogspot.com