quarta-feira, dezembro 12, 2012

Maybe ...

12/12/12, o dia cheio de energias positivas trazidas do cosmo e bla bla bla. Um dia comum, onde a única coisa diferente é que foi mais fácil saber a data já que as pessoas não paravam de comentar. Sabe, a vida perde a graça quando você passa a viver de lembranças, quando nada é mais real e está tudo guardado na sua mente. Agora acho que entendo essas pessoas que ao invés de aproveitar o momento, se preocupa em registrá-lo, acho que fica mais fácil lembrar, ou não esquecer, sendo que para alguns os significados de ambos são muito distintos. Algumas roupas já foram tão ajustadas, reformadas, redecoradas, que acabam perdendo a sua beleza e a única solução é jogá-la fora, e é desse tipo de "roupa" que minha vida vem se preenchendo. É aquela velha situação, onde tudo que você faz está errado e você acaba percebendo que não é em você que está o erro, mas em quem não se preocupa em você suas qualidades ou preferem não notá-las porque é mais fácil perceber os seus defeitos. E tenho que admitir que foi sublime quem disse que algumas pessoas precisam perder pra saber o que realmente significava. Talvez eu já nem precise tanto assim de migalhas ... Talvez eu precise mesmo é de ficar só, comigo mesma, se não estou sendo redundante. Talvez eu precise descobrir o que resta em mim depois de tanta confusão, pra só assim saber o que você e seu jeito miserável de ser ainda significa pra mim. Talvez a saudade tenha sido a vida tentando me fazer feliz e eu feito boba achando que ela era sinônima de tristeza.

Um comentário:

Lilian Kálita disse...

Olá, adoreei seu blog muito bom!
Estou seguindo, fiz o meu recente e gostaria que você seguisse tbm!
amigabafao.blogspot.com.br

Obrigada! Beeijos 